4 mitos e verdades sobre produtos naturais

4 mitos e verdades sobre produtos naturais

Os produtos naturais ou com a proeminência de ativos vegetais são uma tendência que vêm crescendo no mercado. Afinal, esses produtos são conhecidos por serem livres de parabenos e outros derivados do petróleo, bem como uma série de outras substâncias nocivas à saúde.

Até as grandes marcas têm notado as movimentações do mercado e têm investido em linhas de produtos orgânicos. Apesar disso, existem muitos mitos envolvendo o uso e a comercialização de produtos naturais. Por essa razão, reunimos nesse texto 4 mitos e verdades que dizem respeito ao assunto. Confira a seguir!

1. Os produtos naturais não trazem a mesma eficácia dos industrializados

Essa afirmação é um grande mito. Na realidade, o que faz com que um produto seja eficiente é a concentração dos ativos e a forma com que os ingredientes são organizados na fórmula. Isso quer dizer que um produto natural pode ser tão eficiente ou até mais que qualquer outro. Para isso basta que apresente uma boa fórmula, adequada às suas necessidades.

Os produtos industrializados com matéria-prima de baixa qualidade ou uma fórmula ruim, do contrário, podem ser péssimos. Por isso, dizer que um produto é menos eficiente por ser natural é um tremendo engano. O importante é escolher uma marca confiável e responsável na hora de adquirir seus produtos.

2. Os produtos naturais não têm química

Isso é outro mito. Todos os produtos passam por algum processo químico na hora de serem produzidos. A simples mistura de um ingrediente com outro já pode ser considerado um processo químico, pois acarreta uma série de reações de ordem molecular.

Dessa forma, dizer que um produto não tem química é incorreto. A diferença é que os cosméticos naturais não possuem elementos químicos que fazem mal para a saúde e para o meio ambiente. Eles são fabricados com matéria-prima natural e precisam cumprir uma série de exigências antes de serem comercializados.

3. Cosméticos naturais, veganos e orgânicos são a mesma coisa

Trata-se de outro mito — e uma grande confusão. Um cosmético pode ser natural, mas não ser considerado orgânico por não ter pelo menos 95% de produtos orgânicos na fórmula.

Assim, um produto pode ser feito com 100% de elementos vegetais que não foram cultivados sem agrotóxicos, ou seguindo as diretrizes que atribuem o selo de orgânico a uma produção.

Da mesma forma, o produto vegano é aquele que não tem nada de origem animal em sua fórmula. Os produtos naturais e orgânicos podem ter componentes como o leite e o mel de abelha, por exemplo. Assim, não podem ser considerados veganos.

4. Os produtos naturais podem provocar alergias e reações adversas

Isso é uma verdade. Não é porque um cosmético é natural que você está livre de desenvolver alergias ou reações adversas. É claro que, nesse caso, o risco é bem menor. No entanto, se você já for alérgico a algum dos elementos da fórmula, pode ser que seu corpo reaja negativamente à exposição ou contato com o produto.

Mesmo na hora de usar cosméticos naturais é interessante consultar o seu dermatologista. Ele é a pessoa mais indicada para dizer que tipo de produto é o mais recomendado para o seu caso e perfil.

Como vimos, existem muitos mitos e verdades envolvendo produtos naturais. No entanto, se fabricados por uma empresa de confiança, como a Multi Vegetal, os produtos naturais podem trazer efeitos iguais ou melhores que os tradicionais. Geralmente é muito mais vantajoso investir em um cosmético ecologicamente sustentável e livre de substâncias químicas comprovadamente nocivas à saúde.

E aí? Pronto para aderir à cosmética natural? Ainda está em dúvida? Então não deixe de conferir 9 vantagens de utilizar cosméticos naturais!

Adicionar um comentário


Cadastre-se na Newsletter
X

Receba nossos conteúdos por e-mail.
Clique aqui para se cadastrar.